Guedes planeja sondar nesta quinta nomes para a Receita e quer perfil do 'meio tributário'

O ministro da Economia, Paulo Guedes, começará a sondar nesta quinta-feira (12) nomes para a cadeira de Marcos Cintra na Secretaria da Receita Federal.
 
Cintra caiu nesta quarta, após desavenças com o presidente Jair Bolsonaro sobre a criação de um novo imposto nos moldes da extinta Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF).
 
Para evitar mais desgastes, Guedes decidiu demitir o então secretário a pedido do presidente. Agora, vai em busca de um substituto para ele.
 
Nas palavras de um integrante da equipe econômica, Guedes quer um nome do "meio tributário", com especialização na área.
 
Por isso, apesar de nomes como o atual secretário da Previdência, Rogério Marinho, serem elogiados e defendidos por governistas, o ministro não quer deslocá-lo para a vaga de Cintra. A avaliação é a de que seria um "desserviço" tira-lo do posto para tocar a Receita.
 
O ministro vai aproveitar a saída de Cintra também para reformular o órgão, com outras mudanças de estrutura e funções, ainda em estudo.
 
As trocas são uma demanda do presidente Bolsonaro, que tem reclamado do trabalho da Receita. Ele chegou a dizer que o órgão promoveu uma "devassa" na vida de seus familiares.
 

0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...